À luz das recentes declarações polémicas de Jéssica Pitbull, por causa da reação pública e até  por parte de alguns Kuduristas  que pediram para a artista parar de cantar, a Oukid criou uma lista de10 artistas do Kuduro foram longe de mais. Muitas dessas músicas são clássicos e fazem Jéssica parecer uma criança que aprendeu uma palavra que não devia.

 

dj znobia - bisneira

O Lendário cantor  produtor de Kuduro já nos propiciou muitos clássicos, conhecido por letras rusticas e  uso de linguagem coloquial. Znobia, definitivamente quebrou as barreiras  das possibilidades do que era possível numa música de Kuduro. A representação vívida da história contada na música “Bisneira", juntamente com os efeitos sonoros e a linguagem, transformou esta som em um clássico, mas a letra é cheira de misoginia e é homofóbica, faz Jéssica Pitbull soar como uma aprendiz

 

dj manya/helder rei do kuduro - olha so pra ela

 

Diferente da música de Znobia “Bisneira”  “Olha só Para Ela “ pode não ter a o mesmo nível de linguagem obscena, mas linguagem pejorativa contra a mulher é tão prevalecente como na música “Bisneira”.
Tal como Znobia, as referencias sexuais são tão crude, até parece que os autores estavam nem ai para a possibilidade de censura pela linguagem de misoginia. Não há indicio de romanticismo, muito  pelo contrario, explicitamente e violentamente a mulher aqui é tratada apenas como um obejcto sexual ouça e tire as suas próprias conclusoes

 

puto bock - olha a putaria

 

Puto Bock para alem de repetir a mesma linha cerca de 50 vezes na música, e chamar diversas mulheres pelo o nome acusando-lhes de seres mulheres fáceis e sem moral, ele contradiz si mesmo! Puto Block, aparentemente critica a P*&@!%a, mas no final da música parece que ele exaltar aquilo que ele critica que irónico! 

 

autor desocnhecido - Coné Cona 

 

Vou admitir que quando ouvi essa música, o coro fez-me rir, não sei se foi a voz desafinada, ou o facto que não acreditei que ele teve a coragem de escrever e gritar uma refrão tão duro e ofensivo. Fiquei ainda mais incrédulo que o autor teve a coragem de citar nomes enquanto ele ofendia as jovens, o autor desse música ou é muito gangsta ou não tem medo da sua integridade física.  O Som é tão vulgar que nem é preciso fazer alguma explicação racional.  

 

Autor desconhecido - vai chuver xuxuta 

O titulo é suficiente!

Dj K 3 o lendario - Dança Cona da Tua Mãe

dj k3.jpg
 

Para além de ser um título que faria o pastor da tua igreja expulsar os espíritos se ele te visse a cantar muito menos dançar essa música, o simples facto que a queta tornou-se uma música popular com várias pessoas a dançar a música com direito a vídeo no youtube nós diz que Jéssica Pitbul é miúda quando o assunto é linguagem que pode ser considera ofensiva.

staff brustaca - vão te foder 

Liricamente talvez umas das performances mas francas de todas as músicas nessa lista, mas serve para provar o ponto dessa matéria

 

os granada - mifode

Outro Classico!

 

os f4 -arrasta a dama

A música com linguagem mais insidiosa na lista é essa. O grande problema dessa música é que glorifica a cultura de estupro, tirar proveito de uma mulher embriagada é estupro principalmente se ela tiver não tiver consciente o suficiente para consentir ao acto sexual.

dama que esta a beber vamos lhe arrastar
— Os 4F em Arrasta a Dama

Infelizmente em Angola a cultura de estupro  não é discutida, e o peso cai por cima das mulheres mesmo quando elas são as vítimas dessa cultura que continua a fazer muitas mulheres vítimas de predadores sexuais.  

Cona podre (remix de Cara podre)

Essa é a ultima música da lista porque é a música  com conteúdo lírico mais forte dessa lista, algum brincalhão mudou  o refrao de "Cara Podre"  estragando o clássico  que não precisa de um coro rude, usando o órgão sexual feminino para usar como uma metáfora pelos amor de Deus.    

 

MAS NOTÍCIAS